Desejo

'Quero ser feliz' diz jovem que perdeu 2 filhos e teve corpo queimado pelo ex

Arquiteta foi queimada viva, segundo laudo Midiamax em 15 de Julho de A arquiteta Eliane Nogueira, 39, ainda estava viva quando teve o corpo incendiado no dia 02 de julho, em Campo Grande. A pena para homicídio varia entre 12 e 30 anos, e por incêndio, entre 3 e cinco anos. Fumaça nos pulmões Segundo o laudo pericial, Eliane foi esganada e aparentava estar morta, mas ainda respirava quando o carro dela foi incendiado com ela dentro.

Mulheres de 970914

A história de Eidi e Romildo

Kim lembra-se que, naquele momento, estava muito assustada e com medo. Esta foi a imagem que o fotógrafo Nick Ut, da agência Associated Press, capturou com a sua câmera, montada estrategicamente na estrada. Aquela imagem foi uma das muitas que Ut tirou daquele conflito, embora esta tenha sido a que marcou sua carreira e exatamente lhe rendeu o prêmio Pulitzer. Em , Kim e seus familiares reconstituíram a foto de 8 de junho de

Quem era Marina?

Ou recomeçou. E vai além. Luta todos os dias para refazer a viver. Foi na sala de estar do apartamento de um amigo que ela concedeu entrevista ao G1. Magra, vestia jeans e uma blusa de alcinha branca. Enquanto fala, usa os dedos para mexer nos longos fios escuros. Eu amava ele, né? Mas acho que me iludi. Do sono, foi acordada com socos.

308 309 310 311 312
Comento

Leave a Reply